Frederico Lourenço

Por causa da Lucas, descobri um autor que tinha já ouvido falar ( traduções notáveis de Homero), mas do quem não tinha ainda lido uma página ( nem o Homero, by the way).

Passei na fnac, em regime de grande contenção ( estamos em obras e a caminho da ruína financeira), mas não resisti. Comprei 3 livros do Frederico Lourenço.

Dos três, li já dois que gostei muito: Amar não acaba e a Máquina do Arcanjo.

São dois relatos biográficos da vida do escritor. O primeiro assinala o fim da infância e a passagem para a adolescência. O segundo é a adolescência.

O que é que tem de interesse? Tudo. À semelhança do livro da ( mais odiada que eu gosto) Filomena Mónica, conta a história do nosso país durante as décadas de 70/80/90. E tem mais mas não conto.

A ler porque é um relato inédito e muito bem escrito e construído.

maquinaarcanjo.jpgamarnaoacaba1.jpg

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: