Archive for September, 2006

Entretanto….

September 29, 2006

Enquanto a nossa vida se encontrava numa curva apertada, muitas coisas foram acontecendo no mundo.

Foi lançado um jornal – O Sol – que é para quem já só tem paciência para ler o saco do Expresso. Eu já há muito tempo que deixei o Expresso. O Sol não me convenceu.

A ameaça de limpar os Açores do mapa não se concretizou, felizmente para nós. As minhas amigas que estavam a passar férias nos Açores disseram-me que não se via uma flor a voar, quanto mais uma vaca como nos filmes do Kusturica.

Espanha está com as mulheres normais. Já não há paciência para o look lesbian-heroin-chic da Kate Moss. Achei bem.

O Papa tem de ter tento na língua? Apesar de não gostar nem um bocadinho deste Papa, acho que a reacção foi de histeria, amplificada pelos media. Defendo, como sempre defendi, o respeito por qualquer credo ou religião. Estamos muito longe dos cartoons. E vamos estar ainda mais longe com a ameaça de proibição de um ópera em Berlim ( verdi, acho eu) porque exibe cabeças de vários ícones religiosos – entre os quais maomé – espetados numa estaca ou numa espada.

Sabe bem escrever sobre as loucuras do Mundo, for a change.

Advertisements

Dia 20/09/06

September 25, 2006

No dia em que escrevi o último post, 20 de Setembro, passei a noite mais terrível da minha vida.

Chovia imenso.

Acabou a gravidez da J. .

No fim, ficou um vazio e uma sensação de alívio.

A vida continua e nós também.

Estamos a fazer por isso.

Ps. Este post não estava assim. Foi alterado a pedido de alguém a quem eu não posso dizer não.

A vida vai andando

September 20, 2006

A vida é também feita de coisas menos boas.

Já passou uma semana e temos feito um esforço para tentar retomar a normalidade. Temos de pensar nos miúdos e na profunda tristeza que sentiram ao saber que já não iam ter um irmão ou irmã.

A Cat reagiu mal e chorou. O Rato, sempre mais contido, disse-me ontem que a sementinha se está fechar.

No relatório do médico aparece escrito o diagnóstico: aborto retido. O coração do nosso baby deixou de bater. Tudo o resto estava normal.Agora é esperar que o organismo se aperceba que alguma coisa está errada e faça o seu trabalho.

Apesar de tudo, hoje sinto-me melhor e penso sempre que somos uns tipos com sorte. Sorte de termos tidos dois filhos lindos e uma vida que nos tem dado coisas boas.

E tenho a sorte de ter a mulher mais bonita do mundo.

No dia 11 de Setembro

September 15, 2006

Não sei como se diz.

Nem sei se o devia dizer aqui.

Já não vamos ser pais em Abril.

A vida nem sempre é boa ou justa.

11 de setembro

September 11, 2006

… foi há já 5 anos.

O documentário mais impressionante que vi foi o ” The Falling Man”, sobre os que se atiraram das torres. Uma perspectiva do horror que, segundo o autor do doc , está a cair no esquecimento. Ao que parece, nos dias imediatamente a seguir ao ataque, a morge de NY dizia que não havia registos de pessoas que se tivessem atirados. Não havia jumpers.

Hoje, cinco anos passados, o meu filho que na altura tinha 1 ano, entrou para a primária.

Apesar de tudo, sou optimista e o mundo vai melhorar.